A Tradição de Rezar o Angelus

A tradição de rezar o Angelus O Angelus é uma oração recitada em recordação do Mistério perene da Encarnação três vezes ao dia: às 6 da manhã, ao meio-dia e às 18 horas, momento em que é tocado o sino do Angelus. Milhares de pessoas reúnem-se ao meio-dia de domingos e dias santos, na Praça São Pedro, para acompanhar a oração mariana do Angelus conduzida pelo Papa Francisco. Tradição Trata-se de uma antiga tradição. A recitação, acompanhada pelo badalar dos sinos das igrejas, teve início no século XIII. Era chamada na época de “oração da paz”, pois o objetivo era honrar o Filho de Deus que, encarnando-se no seio da Virgem Maria, colocou os fundamentos da paz entre Deus e Continue Lendo →

Mistério da Vocação e do Discernimento, Obra-Prima do Espírito Santo

Papa: mistério da vocação e do discernimento, obra-prima do Espírito Santo No discurso preparado – mas não pronunciado – aos 40 seminaristas de Agrigento, Itália, o Papa Francisco resumiu em quatro palavras o ícone do Evangelho dos discípulos de Emaús: caminho; escuta, discernimento e missão. – Manuel Tavares – Cidade do Vaticano O Papa Francisco recebeu na manhã deste sábado (24/11) na Sala do Consistório, no Vaticano,  40 seminaristas da Arquidiocese de Agrigento, na Sicília, acompanhados pelo Cardeal Montenegro, arcebispo da cidade. O Papa deixou de lado seu discurso preparado e falou de improviso. No texto que havia preparado, o Papa propôs quatro pontos de reflexão, pessoal e comunitária, a partir do recente Sínodo dos Bispos para os Jovens: caminho, escuta, Continue Lendo →

Ir Além das Aparências para Entender o Mistério de uma Pessoa

Papa no Angelus: ir além das aparências para entender o mistério de uma pessoa O verbo que João usa “ver”, "significa chegar ao coração, chegar com os olhos, com o entendimento até o íntimo da pessoa, dentro da pessoa”, disse o Papa. O Papa Francisco rezou a oração mariana do Angelus, deste domingo (18/03), com os fiéis e peregrinos de várias partes do mundo, presentes na Praça São Pedro. O Evangelho deste domingo, narra o episódio ocorrido nos últimos dias da vida de Jesus que se encontra em Jerusalém para a festa da Páscoa judaica. Alguns gregos também participaram desta celebração ritual. “Trata-se de homens animados por sentimentos religiosos, atraídos pela fé do povo judeu e que, tendo ouvido falar Continue Lendo →

Mergulhar no Mistério de Jesus, não Basta ser Bons Cristãos

Papa: mergulhar no mistério de Jesus, não basta ser bons cristãos O mistério de Jesus Cristo esteve no centro da homilia que o Papa Francisco pronunciou na manhã desta terça-feira (24/10) na capela da Casa Santa Marta. A homilia do Pontífice teve como ponto de partida a Primeira Leitura extraída da Carta aos Romanos, na qual São Paulo usa contraposições – pecado, desobediência, graça e perdão – para que possamos compreender algo, mas sente que é “impotente" para explicar este mistério. Por detrás disso tudo, está a história da salvação, da criação, da queda e da redenção. São Paulo, portanto, nos leva a ver Cristo, e não tendo palavras suficientes para explicá-Lo, “nos impulsiona”, “nos empurra, para que caiamos no Continue Lendo →

O Mistério de Amor da Cruz não é “Masoquismo” Espiritual

Papa: o mistério de amor da Cruz não é "masoquismo" espiritual Cidade do Vaticano (RV) – Depois de dois meses e meio de pausa, o Papa Francisco retomou na manhã desta quinta-feira (14/09) a celebração da missa na capela da Casa Santa Marta. Na festa da Exaltação da Cruz, na homilia o Papa advertiu para duas tentações espirituais diante da cruz de Cristo: a de pensar um Cristo sem cruz, isto é, fazer Dele um “mestre espiritual”, e, de outro lado, pensar uma cruz sem Cristo, ou seja, não ter esperança, numa espécie de “masoquismo” espiritual. O centro da reflexão do Papa foi o mistério de amor constituído pela cruz. A Liturgia fala disso como uma árvore, nobre e fiel. Continue Lendo →