“Discernir é Ouvir o Próprio Coração”, Afirma o Papa na Audiência Geral

“Discernir é ouvir o próprio coração”, afirma o Papa na Audiência Geral “Deus trabalha através de acontecimentos não programáveis, e até nos contratempos”, afirmou Francisco, dando continuidade ao ciclo sobre o discernimento espiritual. Sua catequese foi inspirada num episódio da vida de Santo Inácio de Loyola. – Bianca Fraccalvieri – Vatican News Santo Inácio de Loyola foi o protagonista da catequese do Papa na Audiência Geral desta quarta-feira. Francisco deu continuidade ao seu novo ciclo sobre discernimento, contando como o fundador da Companhia de Jesus aprendeu a discernir a partir de um episódio concreto de sua vida, mais precisamente quando feriu sua perna durante a guerra. Santo Inácio fez uma longa convalescença em casa, durante a qual se dedicou à Continue Lendo →

O Bom Confessor Deve Rezar, Discernir, Evangelizar

Papa – O bom confessor deve rezar, discernir, evangelizar O Papa dirigiu-lhes palavras de apreço em relação àquilo que ele definiu um tipo de Tribunal que lhe agrada realmente, porque é um “Tribunal de Misericórdia”. Afirmou depois que esse curso “contribui para a formação de bons confessores” e por isso considera-o “útil e mesmo necessário para os nossos dias”. No entanto – fez notar – não basta um curso para se tornar bons confessores, pois isso de confissão é uma “longa escola” que dura toda a vida. Mas o que é afinal “um bom confessor”, como se pode tornar num bom confessor? – perguntou Francisco. E respondeu indicando três critérios que passou depois a desenvolver: a oração, o discernimento; e Continue Lendo →