Não Devemos ter Medo da Diversidade de Carismas na Igreja

O Papa: não devemos ter medo da diversidade de carismas na Igreja Francisco recorda na mensagem de vídeo que “já nas primeiras comunidades cristãs, diversidade e unidade estavam muito presentes e numa tensão que deve ser resolvida a um nível superior. Mais ainda. Para avançar no caminho da fé necessitamos também do diálogo ecumênico com os irmãos e irmãs de outras confissões e comunidades cristãs”. “Pelo dom da diversidade na Igreja” é a intenção de oração do Papa Francisco, para o mês de janeiro, divulgada na mensagem de vídeo, nesta segunda-feira (02/01). Como os primeiros cristãos “Não devemos ter medo da diversidade de carismas na Igreja”, ressalta Francisco. A diversidade de carismas, de tradições teológicas e de rituais é algo Continue Lendo →

Evangelho do Dia – Quarta-Feira 03.01.2024

Leitura (1João 2,29;3,1-6) Leitura da Primeira Carta de São João. Caríssimos: 2,29 Já que sabeis que ele é justo, sabei também que todo aquele que pratica a justiça nasceu dele. 3,1 Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai. 2 Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é. 3 Todo o que espera nele, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. 4 Todo o que comete pecado, comete também a iniquidade, porque o pecado é a Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 03 de Janeiro

Santa Genoveva A França não deu ao mundo somente Santa Joana D’Arc como exemplo de mulher santa por interferir na política dos homens. Presenteou a Humanidade também com Santa Genoveva. Embora não se atirasse à guerra como Joana D’Arc, Santa Genoveva fez da atividade política e social uma obrigação tão importante quanto a oração e o jejum. Se Joana é invocada como guerreira, Genoveva se faz protetora nas horas de calamidade e perseguição. Nasceu em Nanterre, perto de Paris, no ano 422, de família muito humilde e modesta, época em que a Inglaterra ainda era dominada pelo paganismo, exigindo da Igreja uma postura de evangelização naquele importante país. Assim, tinha Genoveva cerca de 6 anos (alguns escritos falam em 8) Continue Lendo →