Evangelho do Dia – Quinta-Feira 28.12.2023

Leitura (1João 1,5-10;2,1-2) Leitura da Primeira Carta de São João. 1,5 Caríssimos, a mensagem que ouvimos de Jesus Cristo e vos anunciamos é esta: Deus é luz e nele não há trevas. 6 Se dissermos que estamos em comunhão com ele, mas andamos nas trevas, estamos mentindo e não nos guiamos pela verdade. 7 Mas, se andamos na luz, como ele está na luz, então estamos em comunhão uns com os outros, e o sangue de seu Filho Jesus nos purifica de todo pecado. 8 Se dissermos que não temos pecado estamo-nos enganando a nós mesmos, e a verdade não está dentro de nós. 9 Se reconhecermos nossos pecados, então Deus se mostra fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda culpa. 10 Se Continue Lendo →

Nunca se Deve Dialogar com o Diabo, é Importante Guardar o Coração

O Papa: nunca se deve dialogar com o diabo, é importante guardar o coração Na catequese da Audiência Geral desta quarta-feira, Francisco disse que “Deus coloca os progenitores como senhores e custódios da criação, mas quer preservá-los da presunção da onipotência, de se tornarem senhores do bem e do mal. Que uma tentação. Uma tentação ruim até mesmo agora. Esta é a armadilha mais perigosa para o coração humano”! – Mariangela Jaguraba – Vatican News O Papa Francisco introduziu um ciclo de catequeses sobre o tema “Vícios e virtudes. Guardar o coração”, na Audiência Geral desta quarta-feira (27/12), realizada na Sala Paulo VI. Francisco partiu do “início da Bíblia, onde o livro do Gênesis, com a narrativa dos progenitores, apresenta Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 28 de Dezembro

Santos Inocentes Somente a monstruosidade de uma mente assassina, cruel e desumana, poderia conceber o plano executado pelo sanguinário rei Herodes: eliminar todas os meninos nascidos no mesmo período do nascimento de Jesus para evitar que vivesse o rei dos judeus. Pois foi isso que esse tirano arquitetou e fez. Impossível calcular o número de crianças arrancadas dos braços maternos e depois trucidadas. Todos esses pequeninos se tornaram os “santos inocentes”, cultuados e venerados pelo Povo de Deus. Eles tiveram seu sangue derramado em nome de Cristo, sem nem mesmo poderem “confessar” sua crença. Quem narrou para a história foi o apóstolo Mateus, em seu Evangelho. Os reis magos procuraram Herodes, perguntando onde poderiam encontrar o recém-nascido rei dos judeus Continue Lendo →