Santa Sé: Avançam Processos de Beatificação de Dom Vital e Dom Hélder Câmara

Santa Sé: avançam processos de beatificação de dom Vital e dom Hélder Câmara O Dicastério das Causas dos Santos comunicou que nomeou o monsenhor espanhol Melchor José Sanchez de Toca y Alameda como relator da Positio do processo de dom Helder Camara. No ano passado, a Santa Sé anunciou a validação jurídica de todo o material enviado a Roma. Também foi dado início à impressão da Positio do processo de dom Vital. A expectativa agora é que nos próximos dias o documento seja entregue aos membros das comissões romanas formadas por historiadores, teólogos, bispos e cardeais A Igreja no Brasil, em especial o Regional Nordeste 2 da CNBB, celebra os mais recentes avanços nos processos de beatificação e canonização dos Continue Lendo →

Processo de Dom Hélder Supera Fase Diocesana e Chega ao Vaticano

Processo de Dom Hélder supera fase diocesana e chega ao Vaticano Tem início uma nova fase do processo de beatificação de Dom Hélder Câmara: concluída a etapa diocesana, começa a chamada “fase romana”. Agora, o Dicastério das Causas dos Santos aguarda a nomeação de um Relator para a elaboração da “Positio”, isto é, o volume que sintetiza as provas coletadas na Diocese. Uma vez aprovada, o Papa poderá declarar Dom Hélder “venerável”. O 18º Congresso Eucarístico Nacional se concluiu no dia 15 de novembro, em Recife, com uma grande notícia: O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, leu a seguinte comunicação assinada pelo Frei Jociel Gomes, OFMCap., vice-postulador da Causa de Dom Hélder: “Comunico que foi emitido hoje, Continue Lendo →

Mensagem de Páscoa do Arcebispo Dom Fernando Saburido

Imagem

Mensagem de Páscoa do Arcebispo Dom Fernando Saburido

Cristo ressuscitou. Aleluia!

Queridos irmãos e irmãs,

A boa notícia da ressurreição de Jesus é tão maravilhosa que nenhuma palavra ou explicação consegue expressá-la plenamente. Os evangelhos contam que as mulheres vão ao túmulo ainda no escuro da noite, os discípulos se reúnem em uma sala fechada com medo das autoridades judaicas… É como se pairasse no ar um clima de perigo e de certa clandestinidade transgressora. Como os primeiros discípulos do ressuscitado, temos de afirmar o contrário do que diz o sistema iníquo que domina o mundo: o túmulo está vazio. A morte não venceu a vida. A opressão e dominação não conseguiu abafar o projeto divino que não é apenas para as paróquias e para os católicos. É para o mundo. A ressurreição de Jesus nos dá forças para lutar, pois estabelece novo fundamento para nos inserir nos problemas da sociedade, lutar por políticas públicas de qualidade, como insiste nesse ano a Campanha da Fraternidade. Nessas celebrações pascais, como pastor encarregado de guiar e animar a Igreja particular de Olinda e Recife, peço a Deus e convido vocês todos/as a se associarem à minha oração por todos os padres, diáconos, religiosos/as, seminaristas e todos os que participam de comunidades na nossa arquidiocese. Peço a Deus que derrame sobre todos nós o seu Espírito de Amor para que, mesmo na diversidade e no jeito próprio de cada um, todos nós nos unamos no testemunho de uma Igreja pascal, em saída e a serviço da humanidade em nossa região na luta pacífica pela transformação dessa sociedade. Quanto mais cremos na ressurreição de Jesus, mais temos de lutar para que esse mundo seja transformado, tanto no nível das consciências, quanto no plano social e político. Nós só seremos uma Igreja pascal se todos, bispos, padres, diáconos, religiosos/as, agentes de pastoral e todos os irmãos e irmãs de comunidade não tiverem receio de ligar a fé com a vida concreta e com o compromisso de transformar essa sociedade de forma que, como diz o lema da Campanha da Fraternidade, se faça jorrar, como um rio transbordante, o direito e a justiça no mundo. Se acreditamos na ressurreição de Jesus, precisamos ser solidários com as comunidades pobres de nossa arquidiocese. Desde anos atrás e isso tem se intensificado recentemente, muitas comunidades, aqui e ali, em Recife, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e em outras localidades, são transferidas e deslocadas de onde moravam para dar lugar a projetos urbanísticos que pensam a cidade a partir da ambição e a projetam para o benefício da pequena elite que a domina. É preciso que mesmo as pessoas que não creem, ao olhar o modo como vivemos e como atuamos na sociedade, possam perceber que, como diz a carta de João: “passamos da morte para a vida porque amamos efetivamente os nossos irmãos” (1Jo 3, 14). É isso que desejo e peço para cada um e cada uma de vocês. O Cristo ressuscitou, o mundo está salvo. Feliz Páscoa!

Dom Antônio Fernando Saburido, OSB

Arcebispo de Olinda e Recife

Arquidiocese Celebra Semana Santa

Arquidiocese celebra Semana Santa   A Semana Santa, também chamada Semana da Paixão, é o período entre o Domingo de Ramos e o Domingo de Páscoa. A igreja Católica revive, a partir do Dia de Ramos, a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Cristo, momento em que Jesus morreu por todos os homens e ressuscitou ao terceiro dia, no mais profundo mistério da Fé. Neste ano, os católicos de todo o mundo vivenciam a Semana Santa entre os dias 14 a 21 de abril. Para a Igreja Católica, é a principal festa do ano litúrgico, pois nela se revive a vitória de Jesus Cristo sobre o pecado e a morte. As celebrações e ritos da Semana Santa nos convidam à Continue Lendo →

Seminário no Recife Discute Campanha da Fraternidade 2019

Seminário no Recife discute Campanha da Fraternidade 2019 O Seminário “Fraternidade e Políticas Públicas – Uma Visão Global” acontece no próximo dia 26 de janeiro, no Centro Arquidiocesano de Pastoral Dom Vital, no bairro da Várzea A Campanha da Fraternidade será discutida e vivida mais intensamente no período da Quaresma, que tem início na Quarta-feira de Cinzas, dia 6 de março, e vai até o domingo 21 de abril, quando a Igreja celebra a Páscoa de Jesus Cristo. O tema da CF 2019, escolhido pelos bispos brasileiros ainda no ano de 2017, a partir de sugestões vindas de organizações sociais, governos e de organismos da própria Igreja, vai refletir sobre o tema “Fraternidade e Políticas Públicas”. Com esta campanha a Continue Lendo →