Santos do Dia da Igreja Católica – 23 de Fevereiro

São Policarpo de Esmirna Nascido em uma família cristã da alta burguesia no ano 69, em Esmirna, Ásia Menor, atual Turquia. Os registros sobre sua vida nos foram transmitidos pelo seu biógrafo e discípulo predileto, Irineu, venerado como o “Apóstolo da França” e sucessor de Timóteo em Lion. Policarpo foi discípulo do apóstolo João, e teve a oportunidade de conhecer outros apóstolos que conviveram com o Mestre. Ele se tornou um exemplo íntegro de fé e vida, sendo respeitado inclusive pelos adversários. Dezesseis anos depois, Policarpo foi escolhido e consagrado para ser o bispo de Esmirna para a Ásia Menor, pelo próprio apóstolo João, o Evangelista. Foi amigo de fé e pessoal de Inácio Antioquia, que esteve em sua casa Continue Lendo →

Curso Gratuito “Rumo a uma Igreja Constitutivamente Sinodal”

Curso gratuito “Rumo a uma Igreja constitutivamente sinodal” A formação on-line terá início em 2 de março. Estima-se que, durante as duas edições anteriores dessa modalidade formativa, de caráter massivo, cerca de 100.000 agentes pastorais, religiosos, religiosas e bispos tenham sido formados. Os membros latino-americanos da Comissão Teológica da Secretaria Geral do Sínodo e do Grupo Ibero-Americano de Teologia, com o apoio do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) e da Confederação Latino-Americana de Religiosos e Religiosas (CLAR), estão promovendo o curso gratuito “Rumo a uma Igreja constitutivamente sinodal”, a ser lançado em 2 de março de 2024. Formação ao alcance de todos De acordo com os organizadores – Rafael Luciani, Carlos Galli, Agenor Brighenti, Serena Noceti e Felix Palazzi – este é o Continue Lendo →

Evangelho do Dia – Sexta-Feira 23.02.2024

Leitura (Ezequiel 18,21-28) Leitura da Profecia de Ezequiel. Assim fala o Senhor: 18,21 “Se o ímpio se arrepender de todos os pecados cometidos, e guardar todas as minhas leis, e praticar o direito e a justiça, viverá com certeza e não morrerá. 22 Nenhum dos pecados que cometeu será lembrado contra ele. Viverá por causa da justiça que praticou. 23 Será que tenho prazer na morte do ímpio? — oráculo do Senhor Deus. Não desejo, antes, que mude de conduta e viva? 24 Mas, se o justo desviar de sua justiça e praticar o mal, imitando todas as práticas detestáveis feitas pelo ímpio, poderá fazer isso e viver? Da justiça que ele praticou, nada mais será lembrado. Por causa da infidelidade e do pecado que Continue Lendo →