Evangelho do Dia – Segunda-Feira 03.01.2022

Leitura (1João 3,22-24;4,1-6) Leitura da Primeira Carta de São João. Caríssimos: 3,22 qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado. 23 Este é o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, de acordo com o mandamento que ele nos deu. 24 Quem guarda os seus mandamentos permanece com Deus e Deus permanece com ele. Que ele permanece conosco, sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu. 4,1 Caríssimos, não acrediteis em qualquer espírito, mas examinai os espíritos para ver se são de Deus, pois muitos falsos profetas vieram ao mundo. 2 Este é o critério para saber se uma inspiração vem de Deus: todo Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 03 de Janeiro

Santa Genoveva A França não deu ao mundo somente Santa Joana D’Arc como exemplo de mulher santa por interferir na política dos homens. Presenteou a Humanidade também com Santa Genoveva. Embora não se atirasse à guerra como Joana D’Arc, Santa Genoveva fez da atividade política e social uma obrigação tão importante quanto a oração e o jejum. Se Joana é invocada como guerreira, Genoveva se faz protetora nas horas de calamidade e perseguição. Nasceu em Nanterre, perto de Paris, no ano 422, de família muito humilde e modesta, época em que a Inglaterra ainda era dominada pelo paganismo, exigindo da Igreja uma postura de evangelização naquele importante país. Assim, tinha Genoveva cerca de 6 anos (alguns escritos falam em 8) Continue Lendo →

Deus quer Habitar no Meio de Nós

O Papa: “Deus quer habitar no meio de nós” “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”, é a frase do Evangelho de João que o Papa Francisco refletiu no Angelus deste domingo, 2 de janeiro na Praça São Pedro e sugeriu refletirmos diante do presépio sobre os nossos problemas, pedindo ajuda a Deus – Jane Nogara – Vatican News No Angelus deste domingo, 2 de janeiro, que no Brasil é celebrada a Solenidade da Epifania do Senhor, o Papa Francisco falou sobre a frase de João do Evangelho da Liturgia do II Domingo do Tempo de Natal: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”. (Jo 1, 14). Em seguida aprofundou as duas realidades presentes nesta frase: Continue Lendo →