O Papa aos Guardas Suíços: Juntos no Tempo Livre, não Sozinhos com o Computador ou Celular

O Papa recebeu os membros do Corpo da Guarda Suíça que vieram com suas famílias para a cerimônia de juramento de 34 novos recrutas na tarde desta segunda-feira. O Pontífice pediu aos membros da Guarda Suíça para nutrir a vida comunitária com esportes e passeios em Roma, indo “contracorrente” em relação ao hábito de muitos jovens de ficarem “sozinhos” com o computador ou o celular. – Mariangela Jaguraba – Vatican News

O Papa Francisco recebeu em audiência os membros e familiares da Guarda Suíça Pontifícia que comemoraram, nesta segunda-feira (06/05), o aniversário do saque de Roma, ocorrido em 1527, quando 189 guardas suíços defenderam o Papa Clemente VII contra o exército de Carlos V. Na tarde desta segunda-feira, 34 novos recrutas jurarão sobre a bandeira do Corpo da Guarda Suíça Pontifícia de proteger e defender o atual Pontífice e todos os seus sucessores, mesmo com o risco de suas vidas, assim como fizeram seus antepassados.

O Pontífice iniciou o seu discurso, agradecendo a Guarda Suíça por sua “presença e serviço”. “Uma presença que se distingue pela qualidade, pelo estilo gentil, atento e até escrupuloso. E claro depois pelo serviço cotidiano, sempre generoso e diligente”, disse o Papa, estendendo sua gratidão “às famílias destes jovens”, porque, se estão ali, “e se são bem educados, isso se deve, antes de tudo, ao ambiente em que cresceram”.

A seguir, o Papa ressaltou que há “uma atmosfera positiva e respeitosa no quartel, um comportamento cortês com seus superiores e hóspedes, não obstante os longos períodos de serviço intenso e cansativo, devido ao fato de estarem um pouco abaixo do número de funcionários. Vocês demonstram um alto nível de motivação e vontade de servir, e o que me agrada muito, as boas relações entre vocês: fazem excursões juntos, passam as férias juntos, muitas vezes saem juntos, e isso é muito bonito”!

De fato, a relação é a experiência chave para nós, cristãos: Jesus nos revelou e testemunhou que Deus é amor, é em si mesmo relação, e neste mistério encontramos a meta e a realização de nossa existência. As boas relações são a estrada principal para o nosso crescimento e amadurecimento humano e cristão. Muito do que caracteriza a nossa personalidade aprendemos através do nosso relacionamento com os pais, irmãos e irmãs, colegas de escola, professores, amigos, colegas de trabalho e assim por diante.

“É por isso que a vida na família alargada da Guarda Suíça, durante pelo menos dois anos de serviço, é um período tão importante e formativo para vocês”, disse ainda Francisco, acrescentando:

Não é apenas um período de trabalho, mas um tempo, um tempo de vida e de relação, de comunhão intensa numa companhia diversificada. Esta diversidade e intensidade de comunidade e de relação entre vocês no ambiente quotidiano do quartel é um aspecto essencial e qualificador para vocês.

“Nessa perspectiva, o novo quartel, atualmente em fase de planejamento, deve dar uma contribuição importante para a reunificação dos Guardas e suas famílias, que atualmente são forçados a viver um pouco dispersos por causa da falta de espaço, e, portanto, também para o apoio e o fortalecimento desse vínculo e do senso de família dentro do Corpo”, sublinhou Francisco.

Dentro do tema da dimensão relacional, o Papa os exortou a cultivar ativamente a vida comunitária.

Hoje o hábito de passar o tempo livre sozinho com o computador ou celular é muito difundido entre os jovens. Por isso, digo a vocês, jovens Guardas: por favor, caminhem contracorrente! É melhor aproveitar o tempo livre para atividades comuns, para conhecer Roma, para momentos de fraternidade nos quais contar histórias e compartilhar, para praticar esportes. Essas experiências constroem vocês por dentro e os acompanharão por toda a vida.

O Pontífice concluiu, confiando a Guarda Suíça e suas famílias à proteção da Virgem Maria e de seus santos padroeiros.

Fonte: www.news.va (Official Vatican Network)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *