Evangelho do Dia – Terça-Feira 04.05.2021

Leitura (1Coríntios 15,1-8) Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 15,1 Irmãos, quero lembrar-vos o evangelho que vos preguei e que recebestes, e no qual estais firmes. 2 Por ele sois salvos, se o estais guardando tal qual ele vos foi pregado por mim. De outro modo, teríeis abraçado a fé em vão. 3 Com efeito, transmiti-vos, em primeiro lugar, aquilo que eu mesmo tinha recebido, a saber: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; 4 que foi sepultado; que, ao terceiro dia, ressuscitou, segundo as Escrituras’; 5 e que apareceu a Cefas e, depois, aos Doze. 6 Mais tarde, apareceu a mais de quinhentos irmãos, de uma vez. Destes, a maioria ainda vive e alguns já morreram. 7 Depois, apareceu a Continue Lendo →

Charles de Foucauld e Outros Seis Novos Santos Para a Igreja

O Papa: Charles de Foucauld e outros seis novos santos para a Igreja O Papa Francisco presidiu no Vaticano a celebração do Consistório público ordinário para a votação das causas de canonização. A data deverá ser ainda definida por causa da emergência sanitária. Cardeal Semeraro: “Eles testemunharam Cristo com o dom da vida e o exercício da caridade”. – Salvatore Cernuzi/Mariangela Jaguraba – Vatican News O Papa Francisco presidiu, na manhã desta segunda-feira (03/05), o Consistório Ordinário Público para a votação das causas de canonização de sete beatos, duas mulheres e cinco homens. Dentre eles está Charles de Foucauld, sacerdote francês, “pobre entre os pobres” e “irmão universal”, como ele mesmo se definia, que no início do século passado plantou Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 04 de Maio

São Ciríaco Segundo um antigo texto da tradição cristã, do século IV, um hebreu de nome Judas teria ajudado nos trabalhos para encontrar a cruz de Cristo na cidade de Jerusalém, promovidos pelo bispo e pela rainha Helena, que era cristã e mãe do então imperador Constantino. Esse hebreu se converteu e se tornou um sacerdote, tomando o nome de Ciríaco, que em grego significa “Patrício”, nome comum entre os romanos. Mais tarde, após ter percorrido as estradas da Palestina, ele foi eleito bispo de Jerusalém, e aí teria sido martirizado, junto com sua mãe, chamada Ana, durante a perseguição de Juliano, o Apóstata. Essa seria a história de são Ciríaco, que comemoramos hoje, não fosse a marca profunda deixada Continue Lendo →