A Verdadeira Liberdade é o Amor Verdadeiro

Papa: a verdadeira liberdade é o amor verdadeiro "O amor verdadeiro é a verdadeira liberdade, pois desapega da posse, reconstrói as relações, sabe acolher e valorizar o próximo, transforma todo esforço em um dom alegre e torna-o capaz de comunhão. O amor torna livres mesmo na prisão, ainda se fracos e limitados”, disse Francisco. – Jackson Erpen – Cidade do Vaticano O amor verdadeiro é a verdadeira liberdade. A escravidão do próprio ego aprisiona mais do que uma prisão, mais do que uma crise de pânico, mais do que uma imposição de qualquer gênero. Assim, o terceiro mandamento nos convida a celebrar no repouso a libertação, trazida por Jesus. Na catequese da Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa Francisco voltou Continue Lendo →