Os Papas e o Jejum da Quaresma

Os Papas e o jejum da Quaresma O jejum ainda é muito respeitado e praticado ou já caiu em desuso entre os preceitos da Igreja? No Magistério dos Papas do passado, encontram-se profundos motivos da sua importância no contexto do mandamento evangélico principal “Jejuar, isto é, aprender a modificar a nossa atitude para com os outros e as criaturas: passar da tentação de “devorar” tudo, satisfazer a nossa voracidade, à capacidade de sofrer por amor, que pode preencher o vazio do nosso coração. São palavras do Papa Francisco na sua mensagem para a Quaresma deste ano. Paulo VI: por que o jejum na Quaresma? Por que o jejum justamente quando nas cidades onde existe o bem-estar, exatamente como no Advento, Continue Lendo →

Dom Bosco, Portador da Alegria do Evangelho

Papa Francisco: Dom Bosco, portador da alegria do Evangelho No prefácio do livro "Evangelii gaudium com Dom Bosco", o Papa Francisco enfatiza que a proposta de São João Bosco às periferias sociais e existenciais foi uma medida alta de vida cristã. – Amedeo Lomonaco, Silvonei José – Cidade do Vaticano "Ele não era um santo com a cara de Sexta-Feira Santa, triste, mas sim" do Domingo de Páscoa ". Ele era um "portador saudável" da "alegria do Evangelho", sempre "alegre, acolhedor, apesar das mil fadigas que tinha todos os dias". Para ele, "a santidade consistia em ser muito feliz". Este é o retrato de Dom Bosco delineado pelo Papa Francisco no prefácio do livro"Evangelii gaudium com Dom Bosco". O padre Continue Lendo →

A Cruz nos Ensina a não Temer as Derrotas, Pois com ela Temos a Vitória

Papa: a cruz nos ensina a não temer as derrotas, pois com ela temos a vitória Na Festa da Exaltação da Santa Cruz, o Papa Francisco dedicou a homilia matutina à contemplação do fracasso, mas também da exaltação de Jesus, que "assumiu todo o pecado do mundo". Satanás está acorrentado, mas ainda late e se nos aproximarmos dele, nos destruirá. – Alessandro Di Bussolo – Cidade do Vaticano A Cruz de Jesus nos ensina que na vida existe o fracasso e a vitória, e que não devemos temer os “momentos maus”, que podem ser iluminados justamente pela cruz, sinal da vitória de Deus sobre o mal. Um mal, satanás, que está destruído e acorrentado, mas “ainda late” e se você Continue Lendo →

Via-Sacra: Vergonha, Arrependimento e Esperança Diante do Senhor

Via-Sacra: vergonha, arrependimento e esperança diante do Senhor Depois das 14 estações da Via-Sacra no Coliseu de Roma, o Papa concluiu a cerimônia com uma tocante oração. O Papa Francisco presidiu à Via-Sacra no Coliseu de Roma nesta Sexta-feira Santa. Ao final das meditações preparadas este ano por um grupo de jovens, o Pontífice fez uma oração, em que usou três palavras com as quais devemos olhar para Jesus: vergonha, arrependimento e esperança.  Vergonha por termos perdido a vergonha, arrependimento que brota da certeza de que somente o Senhor pode nos salvar do mal, e esperança porque da cruz de Cristo desabrochou a Ressurreição. Oração ao término da Via-Sacra no Coliseu Papa Francisco Senhor Jesus, a vós dirigimos o nosso olhar cheio Continue Lendo →

A Esperança é uma Pessoa, Jesus Cristo

Audiência Geral: a esperança é uma Pessoa, Jesus Cristo Cidade do Vaticano (RV) – O Santo Padre encontrou, na manhã desta quarta-feira, na Praça São Pedro, mais de vinte mil peregrinos e fiéis, provenientes de diversos países do mundo, para a habitual Audiência Geral. O Papa continuou a refletir sua série de catequeses que tem como tema a “esperança cristã”. Hoje, de modo particular, aprofundou o trecho da primeira Carta de São Pedro, que exorta “a dar razão da nossa esperança a todo aquele que a pedir”. Com efeito, disse Francisco, o Apóstolo consegue infundir, na sua Carta, grande consolação e paz, levando a perceber que o Senhor está sempre ao nosso lado e nunca nos abandona, sobretudo nos momentos Continue Lendo →