Leigos e Pastores não Tenham Medo de Sujar as Mãos

Papa: leigos e pastores não tenham medo de sujar as mãos Na missa matutina na Casa Santa Marta, Francisco exortou os leigos e os pastores a refletirem sobre o sentido de serem cristãos, exortando a estarem “abertos” às surpresas de Deus. – Giada Aquilino – Cidade do Vaticano Um convite a ser “cristãos de verdade”, cristãos que “não têm medo de sujar as mãos, as vestes, quando se fazem próximos do outro. Foi o que disse Francisco na homilia da Missa celebrada na manhã de segunda-feira (08/10) na capela da Casa Santa Marta. Inspirando-se no Evangelho de Lucas, o Pontífice refletiu sobre os “seis personagens” da parábola narrada por Jesus ao doutor da Lei que, para colocá-lo “à prova”, lhe Continue Lendo →

O Bispo é Homem de Oração, do Anúncio e Homem de Comunhão

Papa: o bispo é homem de oração, do anúncio e homem de comunhão “Não se anuncia o Evangelho estando sentado, mas pondo-se em caminho. O bispo não vive em escritório, como um administrador empresarial, mas no meio do povo, pelas estradas do mundo, como Jesus. Leva o seu Senhor onde não é conhecido, onde é desfigurado e perseguido”, disse o Papa Francisco. – Raimundo de Lima – Cidade do Vaticano Não sejam carreiristas, nem ambiciosos: apascentem o rebanho de Deus “não como patrões das pessoas a vocês confiadas, mas fazendo-se modelos do rebanho”. Foi a exortação do Papa Francisco no discurso este sábado (08/09) na Sala Clementina, no Vaticano, aos bispos dos territórios de missão participantes do Seminário promovido pela Continue Lendo →

Francisco: O Perdão de Deus Não é Uma Sentença de Tribunal

Francisco: o perdão de Deus não é uma sentença de tribunal Cidade do Vaticano (RV) – Um bom sacerdote sabe “se comover” e “se comprometer com a vida das pessoas”, disse o Papa na homilia da manhã desta sexta-feira (30/10), feita em espanhol. Deus, disse o Pontífice, “nos perdoa como Pai, não como um funcionário do tribunal”. “Deus tem compaixão. Tem compaixão por cada um de nós, tem compaixão da humanidade e mandou seu Filho para curá-la, para regenerá-la”, para “renová-la”. Esta é uma das passagens da homilia do Papa, concentrada na compaixão de Deus. “É interessante – observou – que na parábola que todos conhecemos do Filho Pródigo, diz-se que quando o pai – que é uma representação de Continue Lendo →