Papa Convida a Rezar pelos Idosos, em Dezembro

Papa convida a rezar pelos idosos, em dezembro Cidade do Vaticano (RV) – Foi publicada, nesta segunda-feira (04/12), a mensagem de vídeo em que o Papa Francisco apresenta as intenções de oração, para o mês dezembro, ao Apostolado de Oração, Rede Mundial de Oração do Papa. Este mês, o Papa convida a rezar pelos idosos. A idealização dos vídeos é da agência de comunicação “La Machi”, realizados em colaboração com o Centro Televisivo Vaticano (CTV). “Um povo que não protege os avós e não os trata bem é um povo que não tem futuro! São os idosos que oferecem a sabedoria da vida”, afirma o Papa no vídeo.  “Eles foram encarregados de transmitir a experiência da vida, a história de Continue Lendo →

O Bom Confessor Deve Rezar, Discernir, Evangelizar

Papa – O bom confessor deve rezar, discernir, evangelizar O Papa dirigiu-lhes palavras de apreço em relação àquilo que ele definiu um tipo de Tribunal que lhe agrada realmente, porque é um “Tribunal de Misericórdia”. Afirmou depois que esse curso “contribui para a formação de bons confessores” e por isso considera-o “útil e mesmo necessário para os nossos dias”. No entanto – fez notar – não basta um curso para se tornar bons confessores, pois isso de confissão é uma “longa escola” que dura toda a vida. Mas o que é afinal “um bom confessor”, como se pode tornar num bom confessor? – perguntou Francisco. E respondeu indicando três critérios que passou depois a desenvolver: a oração, o discernimento; e Continue Lendo →

Rezar Pelos Nossos Inimigos

Papa na Missa em Santa Marta: rezar pelos nossos inimigos Terça-feira, 14 de junho – na Missa em Santa Marta o Papa Francisco colocou em evidência a oração que se faz por aqueles que “nos querem mal” e afirmou que com essa oração somos “mais filhos do Pai”. Tomando como estímulo da sua reflexão o Evangelho do dia proposto por S. Mateus, o Santo Padre recordou que Jesus inicia a sua pregação, ostracizado pelos seus adversários e num tempo em que a “explicação da Lei” estava “em crise”. Segundo Francisco a explicação dos Doutores da Lei era demasiado teórica e casuística. “No centro estavam os casos” – assinalou o Papa que sublinhou que Jesus “retoma o verdadeiro sentido da Lei Continue Lendo →