Sexta Meditação: “A Sede de Lágrimas que Devemos Aprender”

Sexta meditação: "A sede de lágrimas que devemos aprender" O sacerdote Tolentino Mendonça continuou a série de pregações ao Papa e seus colaboradores. "As lágrimas podem nos tornar santos, depois de humanos", afirmou. Na localidade de Ariccia, ao sul de Roma, o Papa Francisco e seus colaboradores da Cúria prosseguem os exercícios espirituais até sábado (24/02). Na manhã desta quarta-feira (21/02), o pregador, Pe. Tolentino Mendonça, propôs uma meditação intitulada “As lágrimas que falam de uma sede”, inspirada na presença feminina no Evangelho. As mulheres nos abrem o Evangelho Padre Tolentino ressaltou que as mulheres, na narração evangélica, se expressam quase sempre com gestos. Dedicam-se ao serviço, não competem pela liderança; estão ‘com’ Jesus e fazem de seu destino o Continue Lendo →

O Dom das Lágrimas

Chorar faz parte da nossa natureza humana, não é mesmo? Mas nós nos perguntamos: chorar é um dom?! Como é isso? Veja: quando Deus toca em alguém, há uma comoção tão profunda na alma da pessoa, que ela chora. Deus, ao ver nossa situação de sofrimento, toca-nos. Não é um simples toque humano, mas um toque de Deus! Esse toque nos comove, leva-nos a chorar. Esse toque traz em si uma força salvadora.Em Judite 8,17 está escrito: “Roguemos ao Senhor com lágrimas que nos conceda a sua misericórdia como lhe aprouver, para que, assim como se perturbou o nosso coração com o orgulho de nossos inimigos, do mesmo modo encontremos glória em nossa humilhação”. A partir desse texto, compreendemos que Continue Lendo →

Reflexões do Padre Nilson

Reflexões do Padre Nilson – 27.08.2013 "Ó Deus, consolação dos que choram, que acolhestes misericordioso as lágrimas de Santa Mônica pela conversão de seu filho Agostinho, dai-nos, pela intercessão de ambos, CHORAR os nossos pecados e ALCANÇAR O VOSSO PERDÃO." Oração do Dia (coleta). Que todas as mães encontrem no exemplo de Santa Mônica força e coragem para continuar investindo na conversão dos seus filhos… Na Santa Missa nos deixamos alcançar por Cristo. Obrigado Senhor pela Santa Missa! Ela tem sido um abrigo bem seguro neste mundo.           Fonte: Publicada no Facebook de Nilson Lourenço da Silva – Pároco da Igreja da Soledade – Recife – PE