Papa na Missa do Galo: Jesus, Alimento de Amor e Simplicidade

Papa na Missa do Galo: Jesus, alimento de amor e simplicidade Na homilia da Santa Missa de Natal, celebrada pelo Papa Francisco na noite desta segunda-feira (24), o convite do Pontífice a, diante da manjedoura e de Deus que se faz pequeno em Belém, compreendermos que não é a avidez e a ganância que alimentam a vida, mas o amor, a caridade e a simplicidade. – Andressa Collet – Cidade do Vaticano A tradicional Missa do Galo foi celebrada pelo Papa Francisco na Basílica de São Pedro na noite desta segunda-feira (24). A cerimônia, um dos momentos litúrgicos mais aguardados do ano, foi retransmitida ao vivo para o mundo todo em 8 idiomas, como em português para o Brasil, com Continue Lendo →

Que o Advento não Seja Mundano, é o Tempo para Purificar a Fé

Papa: que o Advento não seja mundano, é o tempo para purificar a fé Na capela da Casa Santa Marta, o Papa Francisco celebrou a missa e falou do tempo do Advento como a ocasião para compreender plenamente o nascimento de Jesus em Belém e para cultivar a relação pessoal com o Filho de Deus. – Barbara Castelli – Cidade do Vaticano O tempo do Advento tem “três dimensões”: passado, futuro e presente. Celebrando a missa na capela da Casa Santa Marta (03/12), o Papa Francisco recordou que o Advento, inaugurado ontem, é o tempo propício “para purificar o espírito, para fazer crescer a fé com esta purificação”. O ponto de partida das reflexões do Pontífice é o Evangelho do Continue Lendo →

Solenidade da Epifania – Íntegra da Homilia do Papa

Solenidade da Epifania – íntegra da homilia do Papa Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco presidiu na manhã deste dia 6 de janeiro, na Basílica de São Pedro, à celebração por ocasião da Solenidade da Epifania. Eis a íntegra da homilia: "As palavras do profeta Isaías, dirigidas à cidade santa de Jerusalém, convidam-nos a sair – a sair dos nossos fechamentos, a sair de nós mesmos – para reconhecermos a luz esplendorosa que ilumina a nossa existência: «Levanta-te e resplandece, Jerusalém, que está a chegar a tua luz! A glória do Senhor amanhece sobre ti!» (60, 1). A «tua luz» é a glória do Senhor. A Igreja não pode iludir-se de brilhar com luz própria, não pode. Lembra-o Continue Lendo →