Ser Pobre em Espírito é Ser Livre para Amar

Audiência: ser pobre em espírito é ser livre para amar A catequese do Papa Francisco foi dedicada à primeira bem-aventurança proclamada por Jesus: bem-aventurados os pobres em espírito. ser pobre em espírito é ser livre para amar. – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano A Sala Paulo VI acolheu esta quarta-feira (05/02) milhares de fiéis e peregrinos que vieram ao Vaticano para a Audiência Geral. Na semana passada, o Papa Francisco anunciou um novo ciclo de catequeses dedicado às bem-aventuranças e hoje comentou a primeira das oito proclamadas por Jesus:  bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus”. (Mt 5,3). O Pontífice começou explicando o significado de “pobres”: aqui não se trata simplesmente de uma pobreza Continue Lendo →

Para Amar a Deus, é Preciso Amar o Irmão

Papa: para amar a Deus, é preciso amar o irmão Francisco inspirou sua homilia na Primeira Leitura, em que o Senhor nos pede concretude no amor. – Debora Donnini – Cidade do Vaticano Para amar a Deus concretamente, é preciso amar os irmãos, isto é, rezar por eles, simpáticos e antipáticos, inclusive pelo inimigo. Na homilia desta manhã (10/01) na capela da Casa Santa Marta, o Papa fez um forte apelo ao amor. Quem nos dá a força para amar assim é a fé, que vence o espírito do mundo. O espírito do mundo é mentiroso A reflexão de Francisco se inspirou na Primeira Carta de São João apóstolo (1Jo 4,19 – 5,4) proposta pela Liturgia do dia. O apóstolo Continue Lendo →

A Vida não é Tempo Para Possuir, mas Para Amar

Audiência: A vida não é tempo para possuir, mas para amar Na catequese de quarta-feira (07/11), o Papa Francisco prosseguiu o ciclo sobre os Dez Mandamentos, comentando o sétimo da lista, "não roubar", à luz da sabedoria cristã. – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano O sétimo mandamento – não roubar – foi o tema da catequese do Papa Francisco na Audiência Geral desta quarta-feira (07/11) na Praça São Pedro. Aos milhares de fiéis e peregrinos, o Pontífice ampliou o conceito não se detendo ao furto ou ao respeito da propriedade privada, mas explicou este mandamento sobre a posse à luz da sabedoria cristã. Indigência escandalosa A Doutrina Social da Igreja fala de destinação universal dos bens. Deus confiou a Continue Lendo →

É Revolucionário Amar o Cônjuge Assim Como Cristo Amou a Igreja

Papa: é revolucionário amar o cônjuge assim como Cristo amou a Igreja Na Audiência desta quarta-feira, Francisco completou sua reflexão sobre o sexto mandamento , "não cometer adultério". "Amar é sair de si, é descentralizar", afirmou. – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano Quarta-feira é dia de Audiência Geral no Vaticano. Cerca de 20 mil fiéis participaram na Praça São Pedro do encontro semanal com o Pontífice. Nesta quarta-feira (31/10), o Papa Francisco completou a catequese sobre o sexto mandamento, “não cometer adultério”, evidenciando que o amor fiel de Cristo é a luz para viver a beleza da afetividade humana. O amor se manifesta na fidelidade, no acolhimento e na misericórdia. Revolução Este mandamento, recordou o Papa, refere-se explicitamente à Continue Lendo →

Não Amar é o Primeiro Passo para Matar

Audiência: não amar é o primeiro passo para matar Como na semana passada, Francisco aprofundou a quinta palavra do Decálogo: ‘não matarás’, recordando que aos olhos de Deus a vida humana é preciosa, sagrada e inviolável. – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano Cerca de 20 mil fiéis participaram esta quarta-feira (17/10) da Audiência Geral na Praça São Pedro. Sob um céu nublado, o Papa fez a alegria dos peregrinos passando de papamóvel entre a multidão antes de pronunciar a sua catequese, dando prosseguimento ao ciclo sobre os 10 mandamentos. Como na semana passada, Francisco aprofundou a quinta palavra do Decálogo: ‘não matarás’, recordando que aos olhos de Deus a vida humana é preciosa, sagrada e inviolável. Desprezar é matar Continue Lendo →