É Revolucionário Amar o Cônjuge Assim Como Cristo Amou a Igreja

Papa: é revolucionário amar o cônjuge assim como Cristo amou a Igreja Na Audiência desta quarta-feira, Francisco completou sua reflexão sobre o sexto mandamento , "não cometer adultério". "Amar é sair de si, é descentralizar", afirmou. – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano Quarta-feira é dia de Audiência Geral no Vaticano. Cerca de 20 mil fiéis participaram na Praça São Pedro do encontro semanal com o Pontífice. Nesta quarta-feira (31/10), o Papa Francisco completou a catequese sobre o sexto mandamento, “não cometer adultério”, evidenciando que o amor fiel de Cristo é a luz para viver a beleza da afetividade humana. O amor se manifesta na fidelidade, no acolhimento e na misericórdia. Revolução Este mandamento, recordou o Papa, refere-se explicitamente à Continue Lendo →