Papa Contra a Desigualdade: Os Direitos Humanos são Para Todos!

Papa contra a desigualdade: os direitos humanos são para todos! Em sua intenção de oração para abril, o Santo Padre defende que todas as pessoas do mundo têm direito de se desenvolver plenamente e pede especialmente por aqueles que arriscam suas vidas lutando pelos direitos fundamentais. Pelos direitos humanos e seus defensores: neste mês de abril, o Papa Francisco pede que rezemos por quem arrisca a própria vida lutando para garantir a todos direitos iguais. Esta luta, afirma o Pontífice, requer coragem e determinação. Significa opor-se ativamente à pobreza, à desigualdade, à falta de trabalho, de terra, de habitação, de direitos sociais e trabalhistas.Ouça a reportagem completa Francisco lamenta que os direitos humanos fundamentais não são iguais para todos, pois Continue Lendo →

Evangelho do Dia – Quarta-Feira 07.04.2021

 Leitura (Atos 3,1-10) Leitura dos Atos dos Apóstolos. Naqueles dias, 3,1 Pedro e João subiram ao Templo para a oração das três horas da tarde. 2 Então trouxeram um homem, coxo de nascença, que costumavam colocar todos os dias na porta do Templo, chamada Formosa, a fim de que pedisse esmolas aos que entravam. 3 Quando viu Pedro e João entrando no Templo, o homem pediu uma esmola. 4 Os dois olharam bem para ele e Pedro disse: “Olha para nós!” 5 O homem fitou neles o olhar, esperando receber alguma coisa. 6 Pedro então lhe disse: “Não tenho ouro nem prata, mas o que tenho eu te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda!” 7 E pegando-lhe a mão direita, Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 07 de Abril

São João Batista de La Salle A tradição da família de La Salle, na França, é muito antiga. No século XVII, descendente de Carlos Magno, Louis de La Salle era conselheiro do Supremo Tribunal quando sua esposa, também de família fidalga, deu à luz a João Batista de La Salle, em 30 de abril de 1651, na casa da rua de L’Arbatete, que ainda existe, na cidade de Reims. O casal não era nobre só por descendência, ambos tinham também nobreza de espírito e seguiam os ensinamentos católicos, que repassaram aos sete filhos. João Batista era o mais velho deles. Dos demais, uma das filhas tornou-se religiosa, entrando para o convento de Santo Estevão, em Reims. Dois outros filhos ocuparam Continue Lendo →