Evangelho do Dia – Domingo 03.11.2019

Primeira Leitura (Apocalipse 7,2-4.9-14) Leitura do Livro do Apocalipse de São João: Eu, João, 7,2 vi um outro anjo, que subia do lado onde nasce o sol. Ele trazia a marca do Deus vivo e gritava, em alta voz, aos quatro anjos que tinham recebido o poder de danificar a terra e o mar, dizendo-lhes: 3 “Não façais mal à terra, nem ao mar, nem às árvores, até que tenhamos marcado na fronte os servos do nosso Deus”. 4 Ouvi então o número dos que tinham sido marcados: eram cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel. 9 Depois disso, vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 03 de Novembro

São Martinho de Porres Martinho de Lima, ou melhor, Marinho de Porres, conviveu com a injustiça social desde que nasceu, em 9 de dezembro de 1579, em Lima, no Peru. Filho de Juan de Porres, um cavaleiro espanhol, e de uma ex-escrava negra do Panamá, foi rejeitado pelo pai e pelos parentes por ser negro. Tanto que na sua certidão de batismo constou “pai ignorado”. O mesmo aconteceu com sua irmãzinha, filha do mesmo pai. Mas depois Juan de Porres regularizou a situação e viveu ainda algum tempo com os filhos, no Equador. Quando foi transferido para o Panamá como governador, deixou a menina aos cuidados de um parente e Martinho com a própria mãe, além de meios de sustento Continue Lendo →

Nas Catacumbas, Papa Recorda dos Cristãos Perseguidos, “Mais do que nos Primeiros Séculos”

Nas catacumbas, Papa recorda dos cristãos perseguidos, “mais do que nos primeiros séculos” Na celebração no dia de Finados, Santo Padre também chamou a atenção mais uma vez de que as Bem-Aventuranças e o Grande Protocolo (Mateus 25) são nossa identidade de cristãos, “sem isso, não há identidade”, e que “o lugar do cristão está nas mãos de Deus, chagadas de amor.” Em 2018, a escolha do Santo Padre para a celebração dos Fiéis Defuntos recaiu sobre o Cemitério Laurentino, uma área de 27 hectares na zona rural de Roma, onde se deteve diante dos túmulos de crianças falecidas prematuramente por doenças, acidentes ou nunca nascidas, o chamado “Jardim dos Anjos”. Desta vez, o Papa quis presidir a celebração Eucarística Continue Lendo →