Evangelho do Dia – Sábado 10.08.2019

Leitura (2Coríntios 9,6-10) Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios. Irmãos, 9,6 “Quem semeia pouco colherá também pouco e quem semeia com largueza colherá também com largueza”. 7 Dê cada um conforme tiver decidido em seu coração, sem pesar nem constrangimento; pois Deus “ama quem dá com alegria”. 8 Deus é poderoso para vos cumular de toda sorte de graças, para que, em tudo, tenhais sempre o necessário e ainda tenhais de sobra para toda obra boa, 9 como está escrito: “Distribuiu generosamente, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre”. 10 Aquele que dá a semente ao semeador e lhe dará o pão como alimento, ele mesmo multiplicará as vossas sementes e aumentará os frutos da Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 10 de agosto

São Lourenço No ano 257, o imperador romano Valeriano ordenou uma perseguição contra os cristãos. No início, parecia mais branda do que a imposta por Décio. Ela tinha mais uma conotação repressora, porque proibia as reuniões dos cristãos, fechava os acessos às catacumbas, exilava os bispos e exigia respeito aos ritos pagãos. Mas não obrigava a renegar a fé publicamente. Entretanto, no ano seguinte, Valeriano ordenou que os bispos e padres fossem todos mortos. Lourenço, na ocasião, era o arcediácono, do papa Xisto II, isto é, o primeiro dos sete diáconos a serviço da Igreja de Roma. Dados de sua vida, anterior a esse período, nunca foram encontrados. Porém devia ter uma boa formação acadêmica, pois seu cargo era de Continue Lendo →

O Sínodo é Filho da “Laudato Si”

Francisco: o Sínodo é filho da “Laudato si” Entrevista com o Papa Francisco ao jornal italiano La Stampa-Vatican Insider: a Europa não deve dissolver-se, as identidades dos povos devem ser respeitadas, mas sem fechamentos. A política precisa de criatividade e prudência no acolhimento aos migrantes. O Sínodo sobre a Amazônia será uma resposta à emergência ambiental planetária, mas nasce da Igreja e terá uma dimensão evangelizadora. – Michele Raviart – Cidade do Vaticano A Europa deve ser salva porque é um patrimônio que “não pode nem deve se dissolver”. O diálogo e a escuta “a partir da própria identidade” e dos valores humanos e cristãos são o antídoto contra soberanismos e populismos e o motor para “um processo de relançamento”, Continue Lendo →