Evangelho do Dia – Quinta-Feira 02.05.2019

Leitura (Atos 5,27-33) Leitura dos Atos dos Apóstolos. Naqueles dias, 5,27 eles levaram os apóstolos e os apresentaram ao Sinédrio. O sumo sacerdote começou a interrogá-los, 28 dizendo: “Nós tínhamos proibido expressamente que vós ensinásseis em nome de Jesus. Apesar disso, enchestes a cidade de Jerusalém com a vossa doutrina. E ainda nos quereis tornar responsáveis pela morte desse homem!” 29 Então Pedro e os outros apóstolos responderam: “É preciso obedecer a Deus, antes que aos homens. 30 O Deus de nossos pais ressuscitou Jesus, a quem vós matastes, pregando-o numa cruz. 31 Deus, por seu poder, o exaltou, tornando-o Guia Supremo e Salvador, para dar ao povo de Israel a conversão e o perdão dos seus pecados. 32 E Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 02 de Maio

Santo Atanásio Houve o dia em que a Igreja se viu livre da perseguição mortal dos pagãos. Foi no ano 313 e o famoso Edito de Milão transformou o cristianismo de perseguido a favorecido pelos imperadores romanos. Mas a luta não terminou aí, pois na mesma época a semente da discórdia foi plantada no interior do catolicismo, com a heresia de Ário. Foi então que a fé extrema e a dedicação na defesa da divindade de Cristo transformaram Atanásio, o bispo de Alexandria, no mais vigoroso combatente dos hereges. Atanásio nasceu no Egito em 296, filho da cidade da qual seria o bispo mais lembrado. Ainda adolescente, foi considerado um dos homens mais inteligentes de Alexandria entre as celebridades que Continue Lendo →

Deus Luta por Nós, não Contra Nós

Audiência: Deus luta por nós, não contra nós Na Audiência Geral, o Pontífice deu prosseguimento ao ciclo de catequese sobre o Pai-Nosso, explicando hoje a penúltima invocação: “Não nos deixeis cair em tentação” (Mt 6, 13). – Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano Este 1º de maio foi dia de trabalho para o Papa Francisco, que acolheu na Praça São Pedro milhares de fiéis e peregrinos para a Audiência Geral. O Pontífice deu prosseguimento ao ciclo de catequese sobre o Pai-Nosso, explicando hoje a penúltima invocação: “Não nos deixeis cair em tentação” (Mt 6, 13). Esta invocação, afirmou, nos introduz no âmago do drama, isto é, no terreno do confronto entre a nossa liberdade e as insídias do maligno. Independentemente Continue Lendo →