Evangelho do Dia – Sexta-Feira 22.03.2019

Leitura (Gênesis 37,3-4.12-13a.17b-28) Leitura do Livro do Gênesis. 37,3 Israel amava mais a José do que a todos os outros filhos, porque lhe tinha nascido na velhice. E por isso mandou fazer para ele uma túnica de mangas longas. 4 Vendo os irmãos que o pai o amava mais do que a todos eles, odiavam-no e já não lhe podiam falar pacificamente. 12 Ora, como os irmãos de José tinham ido apascentar o rebanho do pai em Siquém, 13a disse Israel a José: “Teus irmãos devem estar com os rebanhos em Siquém. Vem, vou enviar-te a eles”. 17b Partiu, pois, José atrás de seus irmãos e encontrou-os em Dotaim. 18 Eles, porém, tendo-o visto ao longe, antes que se aproximasse, Continue Lendo →

Santos do dia da Igreja Católica – 22 de Março

Santa Léia Pouco se conhece sobre a vida de Léia, uma rica romana que quando ficou viúva, ainda jovem, recusou um novo casamento, como era o costume da época, para se juntar à Marcela, abadessa de uma comunidade, criada em sua própria residência em Aventino, Roma. O local, depois se tornou um dos mosteiros fundados e dirigidos por Jerônimo, que se tornou santo, doutor da Igreja e bispo de Hipona, na África do Norte, e que viveu também nesse período, na cidade eterna. Léia recusara ninguém menos que Vécio Agorio Pretestato, cônsul romano designado prefeito da Urbe, que lhe proporcionaria uma vida ainda mais luxuosa, pelo prestigio e privilégios que envolviam aquele cargo. Teria uma vila inteira como moradia e Continue Lendo →

Papa Francisco e o Caminho da Verdadeira Felicidade

Papa Francisco e o caminho da verdadeira felicidade Hoje, 20 de março celebra-se o Dia Mundial da felicidade. Para este dia propomos um decálogo da alegria, extraído do magistério do Papa Francisco – Sergio Centofanti – Cidade do Vaticano “A busca da felicidade – afirma Papa Francisco – é comum a todas as pessoas de todos os tempos e de todas as idades” porque o próprio Deus colocou “no coração de cada homem e de cada mulher um desejo irreprimível de felicidade” e “de plenitude”. Os nossos “corações estão inquietos buscando sem cessar um bem que possa saciar a sua sede de infinito” (Mensagem JMJ 2015), invisível nostalgia d’Aquele que nos criou e é Ele mesmo amor, alegria, paz, beleza, Continue Lendo →