Evangelho do Dia – Domingo 05.08.2018

Primeira Leitura (Êxodo 16,2-4.12-15) Leitura do Livro do Êxodo: Naqueles dias, 16,2 a comunidade dos filhos de Israel pôs-se a murmurar contra Moisés e Aarão, no deserto, dizendo: 3 “Quem dera que tivéssemos morrido pela mão do Senhor no Egito, quando nos sentávamos junto às panelas de carne e comíamos pão com fartura! Por que nos trouxestes a este deserto para matar de fome a toda esta gente?” 4 O Senhor disse a Moisés: “Eis que farei chover para vós o pão do céu. O povo sairá diariamente e só recolherá a porção de cada dia, a fim de que eu o ponha à prova, para ver se anda ou não na minha lei. 12 Eu ouvi as murmurações dos Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 05 de Agosto

Santo Osvaldo de Nortúmbria Osvaldo nasceu em 604. Era filho do rei pagão Etelfrit, da Nortúmbria, futura Inglaterra, e da princesa Acha. O reino foi invadido em 616, quando seu pai morreu na batalha contra o rei Edin, que assumiu o trono e depois fundou a cidade de Edimburgo. Acha e seus onze filhos fugiram para a Corte do rei da Escócia, onde todos se converteram. As crianças foram entregues aos cuidados dos beneditinos do Mosteiro de Iona, fundado em 563 por são Columbano, famoso centro de formação e estudos. Lá receberam sólida formação acadêmica e religiosa, adequada aos fidalgos e no seguimento de Cristo. Osvaldo destacava-se pelo belo porte físico, pela inteligência e pela caridade cristã. Tinha um sorriso Continue Lendo →

A Tradição é Viva Pela Própria Natureza, diz D. Fisichella ao Comentar Alteração no Catecismo

A tradição é viva pela própria natureza, diz D. Fisichella ao comentar alteração no Catecismo "A tradição, se não estiver viva, se não for mantida viva por um magistério sempre vivo, como insiste a Dei Verbum, a Constituição Dogmática sobre a Revelação, não é mais a tradição", disse o arcebispo Rino Fisichella ao comentar a modificação sobre a pena de morte introduzida no Catecismo por desejo do Papa Francisco. – Fabio Colagrande – Cidade do Vaticano A nova formulação do Catecismo da Igreja Católica considera inadmissível a pena de morte, introduzida por desejo do Papa Francisco com um Rescrito publicado na quinta-feira, 2, representa "um verdadeiro progresso dogmático". Quem afirma isso em um artigo publicado no "L'Osservatore Romano" é o arcebispo Continue Lendo →