Evangelho do Dia – Sábado 14.07.2018

Leitura (Isaías 6,1-8) Leitura do Livro do Profeta Isaías. 6,1 No ano da morte do rei Ozias, vi o Senhor sentado num trono de grande altura; o seu manto estendia-se pelo templo. 2 Havia serafins de pé a seu lado; cada um tinha seis asas, duas cobriam-lhes o rosto, duas, os pés e, com duas, eles podiam voar. 3 Eles exclamavam uns para os outros: “Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; toda a terra está repleta de sua glória”. 4 Ao clamor dessas vozes, começaram a tremer as portas em seus gonzos e o templo encheu-se de fumaça. 5 Disse eu então: “Ai de mim, estou perdido! Sou apenas um homem de lábios impuros, mas eu vi com Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 14 de Julho

São Camilo de Léllis Camila Compelli e João de Lellis eram já idosos quando o filho foi anunciado. Ele, um militar de carreira, ficou feliz, embora passasse pouco tempo em casa. Ela também, mas um pouco constrangida, por causa dos quase sessenta anos de idade. Do parto difícil, nasceu Camilo, uma criança grande e saudável, apenas de tamanho acima da média. Ele nasceu no dia 25 de maio de 1550, na pequena Bucchianico, em Chieti, no sul da Itália. Cresceu e viveu ao lado da mãe, uma boa cristã, que o educou dentro da religião e dos bons costumes. Ela morreu quando ele tinha treze anos de idade. Camilo não gostava de estudar e era rebelde. Foi então residir com Continue Lendo →

Santidade, Grande Mergulho no Amor de Deus

Padre Renato: Santidade, grande mergulho no amor de Deus Não pode haver santidade sem seguimento de Jesus e, nem seguimento de Jesus, sem santidade. Trata-se de um binômio inseparável, de uma experiência real que acontece diariamente. – Padre Renato dos Santos SDB – Cidade do Vaticano Dizíamos na reflexão anterior que o Papa Francisco, no seu quinto ano de Pontificado, com linguagem coloquial simples e direta, nos presenteou com esta nova Exortação Apostólica, que tem por título: "Gaudete et Exsultate"! Traduzindo: “Alegrai-vos e exultai”! Com esta Exortação Apostólica, entenderemos melhor que seguir Jesus Cristo com radicalidade desencadeará em nós o desejo natural de crescer na santidade. Seria incoerente seguir o Mestre se não nos dispuséssemos, interiormente, a subir a montanha sagrada, Continue Lendo →