Evangelho do Dia – Quinta-Feira 17.05.2015

Leitura (Atos 22,30; 23,6-11) Leitura dos Atos dos Apóstolos. Naqueles dias, 22,30 querendo saber com certeza por que Paulo estava sendo acusado pelos judeus, o tribuno soltou-o e mandou reunir os chefes dos sacerdotes e todo o conselho dos anciãos. Depois fez trazer Paulo e colocou-o diante deles. 23,6 Sabendo que uma parte dos presentes eram saduceus e a outra parte eram fariseus, Paulo exclamou no conselho dos anciãos: “Irmãos, eu sou fariseu e filho de fariseus. Estou sendo julgado por causa da nossa esperança na ressurreição dos mortos”. 7 Apenas falou isso, armou-se um conflito entre fariseus e saduceus, e a assembleia se dividiu. 8 Com efeito, os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito, enquanto Continue Lendo →

Santos do Dia da Igreja Católica – 17 de Maio

São Pascoal Baylon Pascoal Baylon nasceu na cidade de Torre Hermosa, na Espanha, em 16 de maio de 1540. Filho de uma família humilde, foi pastor de ovelhas desde muito jovem e, aos dezoito anos, seguindo sua vocação, tentou ser admitido no convento franciscano de Santa Maria de Loreto. Sua primeira tentativa foi frustrada, mas, em 1564, após recusar uma grande herança de um rico senhor que havia sido curado por ele e por causa dos seus dons carismáticos, ele pôde ingressar na Ordem. Pascoal, por humildade, permaneceu um simples irmão leigo, exercendo as funções de porteiro e ajudante dos serviços gerais. Bom, caridoso e obediente às regras da Ordem, fazia penitência constante, alimentando-se muito pouco e mantendo-se em constante Continue Lendo →

Diálogo Inter-Religioso e Colaboração

Papa: diálogo inter-religioso e colaboração Para o Papa Francisco “diálogo e colaboração são palavras-chave nos dias de hoje” e é importante os líderes religiosos “se comprometerem em cultivar a cultura do encontro e dar exemplo de diálogo colaborando efetivamente ao serviço da vida, da dignidade humana e da tutela da criação”. Nesta quarta-feira (16/05), momentos antes da Audiência Geral, o Papa Francisco teve encontros privados, com as delegações de religiões originárias da Índia e os budistas da Tailândia. Delegação de religiões indianas No encontro havia representantes do budismo, hinduísmo, jainismo e sikhismo vindos a Roma para um Simpósio intitulado “Dharma e Logos. Diálogo e colaboração em uma época complexa”, que contou com a participação de cristãos. Na breve saudação, o Continue Lendo →