Evangelho do Dia – Quarta-Feira 25.11.2015

Leitura (Daniel 5,1-6.13-14.16-17.23-28) Leitura da Profecia de Daniel. Naqueles dias, 5 1 o rei Baltazar ofereceu um grande banquete aos mil dignitários de sua corte, tomando vinho em companhia deles. 2 Já embriagado, Baltazar mandou trazer os vasos de ouro e prata, que seu pai Nabucodonosor tinha tirado do templo de Jerusalém, para beberem deles o rei e os grandes do reino, suas mulheres e concubinas. 3 Foram, pois, trazidos os vasos de ouro e prata, retirados do templo de Jerusalém, e deles se serviram o rei e os grandes do reino, suas mulheres e concubinas; 4 bebiam vinho e engrandeciam seus deuses de ouro e prata, de bronze e ferro, de madeira e pedra. 5 Naquele mesmo instante, apareceram Continue Lendo →

Ano da Misericórdia nos Trabalhos das Comissões

Assessores apresentam implicações do Ano da Misericórdia nos trabalhos das Comissões Reunidos na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília, os assessores da entidade abordaram nesta segunda-feira, 23, a as implicações da Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia nos trabalhos das Comissões da CNBB. A partir do estudo da Bula, que tem o título Misericordiae Vultus, os assessores apresentaram uma reflexão e falaram sobre as atividades e propostas das Comissões para o ano de 2016 relacionadas ao Ano Santo da Misericórdia, que terá início no próximo dia 8 de dezembro e seguirá até 20 de novembro do ano que vem. O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB (CMOVC/CNBB), Continue Lendo →

Missa em Santa Marta – O Único Tesouro

Missa em Santa Marta – O único tesouro O único tesouro da Igreja é Cristo, a ponto que ela corre o risco de se tornar «tíbia, medíocre e mundana» se, ao contrário, depositar a sua segurança «noutras realidades». Assim, convidando a repetir «Vem Senhor Jesus!», o Papa celebrou a missa na manhã de segunda-feira, 23 de Novembro, na capela da Casa de Santa Marta. «Ambas as cartas da liturgia de hoje» comentou imediatamente Francisco, referindo-se aos trechos do livro do profeta Daniel (1, 1-6.8-20) e do Evangelho de Lucas (21, 1-4) «falam-nos de pessoas necessitadas, especialmente na tradição de Israel: o estrangeiro e a viúva». E «o terceiro necessitado é o órfão». «Os estrangeiros – explicou em relação à primeira Continue Lendo →