Evangelho do Dia -Sábado 21.11.2015

Leitura (Zacarias 2,14-17) Leitura da Profecia de Zacarias. 2 14 “Rejubila, alegra-te, cidade de Sião, eis que venho para habitar no meio de ti, diz o Senhor. 15 Muitas nações se aproximarão do Senhor, naquele dia, e serão o seu povo. Habitarei no meio de ti, e saberás que o Senhor dos exércitos me enviou a ti. 16 O Senhor entrará em posse de Judá, como sua porção na terra santa, e escolherá de novo Jerusalém. 17 Emudeça todo mortal diante do Senhor, ele acaba de levantar-se de sua santa habitação”.  — Palavra do Senhor. — Graças a Deus.   Evangelho (Mateus 12,46-50) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Continue Lendo →

Papa: Sacerdotes são Pais e Irmãos e não Funcionários

Papa: sacerdotes são pais e irmãos e não funcionários No final da manhã desta sexta-feira dia 20 de novembro o Papa Francisco recebeu em audiência na Sala Régia os participantes do encontro promovido pela Congregação para o Clero, nos 50 anos do documentos conciliares Optatam Totius e Presbyterorum Ordinis dedicados à formação e ministérios dos sacerdotes. O tema deste encontro é: “Uma vocação, uma formação, uma missão. O caminho discipular do presbítero”. No discurso que proferiu o Santo Padre pediu aos sacerdotes para viverem no meio do povo não como profissionais da pastoral e da evangelização mas como pais e irmãos. O Papa Francisco considerou os decretos conciliares sobre a formação dos sacerdotes como sendo um semente que “o Concílio Continue Lendo →

Francisco: Onde Está Jesus não há Lugar para a Corrupção

Francisco: onde está Jesus não há lugar para a corrupção Cidade do Vaticano (RV) – O Papa celebrou a missa na manhã desta sexta-feira (20/11), na Casa Santa Marta. A sua homilia partiu da primeira leitura extraída do Livro dos Macabeus, que narra a alegria do povo pela reconsagração do Templo profanado pelos pagãos e pelo espírito mundano. O Papa comentou a vitória dos que foram perseguidos pelo pensamento único. O povo de Deus festeja, porque reencontra “a própria identidade”. “A festa – explica – é algo que a mundanidade não sabe fazer, não pode fazer! O espírito mundano nos leva, no máximo, a nos divertir um pouco, a fazer um pouco de barulho, mas a alegria vem somente da Continue Lendo →