Evangelho do Dia – Segunda-Feira 13.10.2014

Leitura (Gálatas 4,22-24.26-27.31-5,1)

Leitura da carta de são Paulo aos Gálatas.

4 22 A Escritura diz que Abraão teve dois filhos, um da escrava e outro da livre. 
23 O da escrava, filho da natureza; e o da livre, filho da promessa. 
24 Nestes fatos há uma alegoria, visto que aquelas mulheres representam as duas alianças: uma, a do monte Sinai, que gera para a escravidão, é Agar. 
26 Mas a Jerusalém lá do alto é livre e esta é a nossa mãe, 
27 porque está escrito: “Alegra-te, ó estéril, que não davas à luz; rejubila e canta, tu que não tinhas dores de parto, pois são mais numerosos os filhos da abandonada do que daquela que tem marido”. 
31 Pelo que, irmãos, não somos filhos da escrava, mas sim da que é livre. 
5 1 É para que sejamos homens livres que Cristo nos libertou. Ficai, portanto, firmes e não vos submetais outra vez ao jugo da escravidão. 
— Palavra do Senhor!
— Graças a Deus.

Evangelho (Lucas 11,29-32)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 11 29 afluía o povo e ele continuou: “Esta geração é uma geração perversa; pede um sinal, mas não se lhe dará outro sinal senão o sinal do profeta Jonas. 
30 Pois, como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim o Filho do Homem o será para esta geração. 
31 A rainha do meio-dia levantar-se-á no dia do juízo para condenar os homens desta geração, porque ela veio dos confins da terra ouvir a sabedoria de Salomão! Ora, aqui está quem é mais que Salomão. 
32 Os ninivitas levantar-se-ão no dia do juízo para condenar os homens desta geração, porque fizeram penitência com a pregação de Jonas. Ora, aqui está quem é mais do que Jonas”. 
— Palavra da Salvação.
— Glória a Vós, Senhor!