Evangelho do Dia – Domingo 05.10.2014

Primeira Leitura (Isaías 5,1-7)

Leitura do livro do profeta Isaías.

5 1 Eu quero cantar para o meu amigo seu canto de amor a respeito de sua vinha: meu amigo possuía uma vinha num outeiro fértil. 
2 Ele a cavou e tirou dela as pedras; plantou-a de cepas escolhidas. Edificou-lhe uma torre no meio, e construiu aí um lagar. E contava com uma colheita de uvas, mas ela só produziu agraço. 
3 E agora, habitantes de Jerusalém, e vós, homens de Judá, sede juízes entre mim e minha vinha. 
4 Que se poderia fazer por minha vinha, que eu não tenha feito? Por que, quando eu esperava vê-la produzir uvas, só deu agraço? 
5 Pois bem, mostrar-vos-ei agora o que hei de fazer à minha vinha: arrancar-lhe-ei a sebe para que ela sirva de pasto, derrubarei o muro para que seja pisada. 
6 Eu a farei devastada; não será podada nem cavada, e nela crescerão apenas sarças e espinhos; vedarei às nuvens derramar chuva sobre ela. 
7 A vinha do Senhor dos exércitos é a casa de Israel, e os homens de Judá são a planta de sua predileção. Esperei deles a prática da justiça, e eis o sangue derramado; esperei a retidão, e eis os gritos de socorro.
— Palavra do Senhor!
— Graças a Deus.

Segunda Leitura (Filipenses 4,6-9)

Leitura da carta de são Paulo aos Filipenses.

Irmãos, 4 6 não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. 
7 E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus. 
8 Além disso, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é nobre, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, tudo o que é virtuoso e louvável, eis o que deve ocupar vossos pensamentos. 
9 O que aprendestes, recebestes, ouvistes e observastes em mim, isto praticai, e o Deus da paz estará convosco.
— Palavra do Senhor!
— Graças a Deus.

Evangelho (Mateus 21,33-43)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus disse aos sumo sacerdotes e aos anciãos do povo: 21 33 "Ouvi outra parábola: havia um pai de família que plantou uma vinha. Cercou-a com uma sebe, cavou um lagar e edificou uma torre. E, tendo-a arrendado a lavradores, deixou o país. 
34 Vindo o tempo da colheita, enviou seus servos aos lavradores para recolher o produto de sua vinha. 
35 Mas os lavradores agarraram os servos, feriram um, mataram outro e apedrejaram o terceiro. 
36 Enviou outros servos em maior número que os primeiros, e fizeram-lhes o mesmo. 
37 Enfim, enviou seu próprio filho, dizendo: ´Hão de respeitar meu filho´. 
38 Os lavradores, porém, vendo o filho, disseram uns aos outros: ´Eis o herdeiro! Matemo-lo e teremos a sua herança!´ 
39 Lançaram-lhe as mãos, conduziram-no para fora da vinha e o assassinaram. 
40 Pois bem: quando voltar o senhor da vinha, que fará ele àqueles lavradores?" 
41 Responderam-lhe: "Mandará matar sem piedade aqueles miseráveis e arrendará sua vinha a outros lavradores que lhe pagarão o produto em seu tempo". 
42 Jesus acrescentou: "Nunca lestes nas Escrituras: ´A pedra rejeitada pelos construtores tornou-se a pedra angular; isto é obra do Senhor, e é admirável aos nossos olhos?´ 
43 Por isso vos digo: ser-vos-á tirado o Reino de Deus, e será dado a um povo que produzirá os frutos dele".
— Palavra da Salvação.
— Glória a Vós, Senhor!