Evangelho do Dia – Sábado 28.06.2014

Primeira Leitura (Isaías 61,9-11)

Leitura do livro do profeta Isaías.

6 9 Sua raça tornar-se-á célebre entre as nações, e sua descendência entre os povos: todos, vendo-os, reconhecerão que são a abençoada raça do Senhor. 
10 Com grande alegria eu me rejubilarei no Senhor e meu coração exultará de alegria em meu Deus, porque me fez revestir as vestimentas da salvação. Envolveu-me com o manto de justiça, como um neo-esposo cinge o turbante, como uma jovem esposa se enfeita com suas jóias. 
11 Porque, quão certo o sol faz germinar seus grãos e um jardim faz brotar suas sementes, o Senhor Deus fará germinar a justiça e a glória diante de todas as nações. 
— Palavra do Senhor.
— Graças a Deus.

Evangelho (Lucas 2,41-51)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucass.
— Glória a vós, Senhor.

2 41 Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém para a festa da Páscoa. 
42 Tendo ele atingido doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume da festa. 
43 Acabados os dias da festa, quando voltavam, ficou o menino Jesus em Jerusalém, sem que os seus pais o percebessem. 
44 Pensando que ele estivesse com os seus companheiros de comitiva, andaram caminho de um dia e o buscaram entre os parentes e conhecidos. 
45 Mas não o encontrando, voltaram a Jerusalém, à procura dele. 
46 Três dias depois o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os e interrogando-os. 
47 Todos os que o ouviam estavam maravilhados da sabedoria de suas respostas. 
48 Quando eles o viram, ficaram admirados. E sua mãe disse-lhe: “Meu filho, que nos fizeste?! Eis que teu pai e eu andávamos à tua procura, cheios de aflição”. 
49 Respondeu-lhes ele: “Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo ocupar-me das coisas de meu Pai?” 
50 Eles, porém, não compreenderam o que ele lhes dissera. 
51 Em seguida, desceu com eles a Nazaré e lhes era submisso. Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração. 
— Palavra da Salvação.
— Glória a Vós, Senhor!